sexta-feira, 19 de setembro de 2014

COMPORTAMENTOS INFIÉIS





Você quer um casamento duradouro e feliz? Então tenha cuidado com comportamentos infiéis.  Além de uma traição formal, existem outras maneiras de infidelidade ao cônjuge.  Muitos casamentos têm sido destruídos por conta de uma ou mais delas. Confira abaixo se você anda cometendo algumas delas e se estiver, a hora de mudar é AGORA.O texto foi extraído de um artigo do terapeuta de casais e família, Gary Lundberg. 

  • 1. Flertar

    Ter um pouco de diversão lúdica no escritório com um colega de trabalho não pode ser tão grave, você racionaliza. Afinal de contas, paquerar é divertido. Evite-o como uma praga. É perigoso. Se alguém flertar com você, ignore. O que se enquadra na categoria de flertar? Aqui está uma explicação do que é flertar. "[O colega] geralmente é envolvente ao falar e se comporta de uma maneira que sugere uma intimidade levemente maior do que a relação real entre as partes justificaria, ainda que dentro das regras de etiqueta social, que geralmente desaprova uma expressão direta do interesse sexual. Isto pode ser feito através de inserir à comunicação um senso de diversão ou ironia... A linguagem corporal pode incluir mexer no cabelo, contato visual, tocar rapidamente, etc. "
    As pessoas casadas nunca devem se envolver nesse tipo de comportamento com alguém que não seja seu cônjuge. É uma forma real de infidelidade que não leva a nada de bom. A pessoa com quem você está flertando pode entender como um convite e tentar um relacionamento que você nunca teve a intenção de iniciar.
  • 2. Confidências com o sexo oposto

    Quando você confidencia seus problemas a alguém do sexo oposto, está se colocando em uma posição vulnerável. Pode parecer inofensivo. Afinal, você só precisava de um ombro para chorar. Se você tem um problema, fale sobre isso com o seu cônjuge. Esse é o seu melhor ombro para chorar. Sempre. Se isso não for possível para você, tente um parente, sacerdote, ou um terapeuta de confiança. Não alguém que possa considerar isso um convite para a intimidade. Mesmo se não começa dessa forma, muitas vezes termina assim. É uma forma de infidelidade.
  • 3. Passar tempo a sós com alguém

    O que parece ser um almoço inocente com alguém do sexo oposto ou um bate-papo na casa desse alguém sem o seu cônjuge está definitivamente na categoria de comportamento infiel. Você ou a outra pessoa pode dizer: "Ei, nós dois somos adultos. Nada vai acontecer." Bem, as coisas acontecem. Não é apropriado. Vá para casa e passe esse tempo com seu cônjuge.
  • 4. Falar negativamente sobre o seu companheiro

    Quando você é um amigo verdadeiro de alguém, você nunca diz coisas ruins sobre ele para os outros. Seu companheiro é seu melhor amigo e é a última pessoa sobre quem você deve falar negativamente. Se você tem um problema com o seu amado/amada, converse sobre isso com ele ou ela. Deixe suas conversas com os outros se concentrar nas coisas boas sobre o seu cônjuge. Isso é ser fiel.
  • 5. Conversa na Internet com alguém do sexo oposto

    Se você acha que isso é inofensivo, pense novamente. Pode começar assim, mas definitivamente não vai acabar assim. Alguns se envolveram através de uma inocente conversa com um ex-namorado ou namorada do colegial ou da época da faculdade, ou até mesmo um estranho. Uma coisa pode levar a outra e antes que você perceba, seu casamento está em perigo. Não faça isso. Só vai terminar em tristeza e desgosto para sua família.
  • 6. Vestir-se para atrair a atenção de alguém que não seja seu cônjuge

    Se você se veste para parecer bem aos olhos de outra pessoa, você precisa reavaliar seus motivos. Tentar atrair alguém vestindo uma roupa sexy é mais uma forma de saltar para as águas da infidelidade.
  • 7. Escrever bilhetes íntimos ou cartas pessoais a outra pessoa

    Se você estiver escrevendo uma carta de condolências ou parabéns, ou outros bons votos, que sejam de você e seu cônjuge. Então não haverá nenhum mal-entendido sobre suas intenções.
  • 8. Não ser para seu cônjuge um parceiro sexual bem disposto

    Ser fiel ao seu cônjuge significa dar-se mais para que ele ou ela possa desfrutar o lado íntimo do casamento. Ao negar a intimidade sexual ao seu cônjuge, você não está fazendo a sua parte em manter seu casamento forte e gratificante. É uma atitude que cria tristeza e até mesmo suspeita. Ser um cônjuge fiel significa fazer sua parte para tornar seu casamento um belo relacionamento em todos os aspectos.
  • 9. Colocar seus pais à frente de seu cônjuge

    Seu cônjuge deve ser sempre o número um em sua vida. Se algo maravilhoso acontece com você, como uma promoção, uma confirmação de uma gravidez, ou de qualquer outra boa notícia, você pode ser tentado a ligar imediatamente para um de seus pais para compartilhar a alegria. Resista. Deixe que seu cônjuge seja o primeiro a conhecer a sua boa notícia. Em seguida, compartilhe-a com as outras pessoas.
  • 10. Colocar seus filhos à frente de seu cônjuge

    Crianças são importantes. São sem dúvida pessoas muito importantes em sua vida, mas não mais que o seu cônjuge. Se você chuta o seu cônjuge para fora do topo da sua lista de prioridades você não está mostrando fidelidade total a ele ou ela. Seu companheiro deve vir em primeiro lugar. E isso não apenas dá liga ao seu casamento e o torna mais forte, como dá a seus filhos uma segurança que eles nunca teriam se o seu cônjuge não for prioridade.
    Pondere sobre esses pontos e certifique-se que você está sendo 100 por cento fiel ao seu cônjuge. Ao fazer isso você vai criar um casamento verdadeiramente feliz e gratificante.

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Construindo a compatibilidade


Recentemente estive lendo um artigo sobre compatibilidade de Rob Jenkins, autor do livro Family Man (Homem de Família) e fiquei refletindo acerca do assunto e depois resolvi vir aqui escrever, com o intuito de ajudar os casais.

Comecemos pensando num transplante de medula óssea. Para que o mesmo seja possível, é necessário que haja compatibilidade entre as medulas do doador e do receptor. Não havendo se torna impossível o procedimento. E quando se trata de um casamento, é necessário que os cônjuge sejam compatíveis ? A resposta é SIM.  Não como uma médula exatamente, é claro. Porque as pessoas mudam. Quando jovem alguém por exemplo, pode gostar de acampar, depois já mais velho, deixar de gostar. O que uma pessoa quer aos 20 pode não ser mais o que quer aos 40. Você ainda pode ser um sedentário na mocidade e virar praticamente um atleta na maturidade. Interesses podem mudar. Seu cônjuge pode mudar ou você pode  mudar. E ao longo do casamento, os casais precisam se comunicar constantemente sobre essas questões.

Surgindo novos interesse no parceiro, é necessário que o cônjuge tente acompanhá-lo de alguma forma. OU seja, encontrar alguma maneira de apoiar e de esforçar-se para desenvolver um interesse nas coisas pelas quais o outro se interessa. Isso. Isso seria o mesmo que reencontrá-lo no meio da caminhada.

Sendo assim não estamos tratando a COMPATIBILIDADE como algo que se tem ou não tem, como algo referente estritamente à visão de mundo e perspectivas em comum, mas algo que pode ser oferecido ao outro a partir de um esforço pessoal, algo que pode ser construído. Essa é a abordagem que o autor traz ao tratar da compatibilidade: que a mesma se torna uma escolha consciente ao longo do casamento. Sendo assim,  devemos compreender que quando realmente colocamos nosso cônjuge em primeiro lugar na nossa vida, então devemos ser capazes de manter um nível de compatibilidade que nos permite viver em relativa paz e harmonia. 

O amor é assim: busca os interesses do outro. E isso muitas vezes requer esforço de cada um dentro do relacionamento. Portanto, meu amigo, minha amiga, construam. Edifiquem seus casamentos. Escolha ser compatível.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

CRÍTICAS FAZEM COM QUE SEU CÔNJUGE SE AFASTE



Lábios que criticam afastam os beijos. Esse é o título desta foto. E faz algum sentido? Total. Se o cônjuge critica o outro, haverá um afastamento.

Ninguém quer um companheiro que o critica. Ficar criticando seu cônjuge só o fará ir para longe de você. Só criará barreiras, mágoas e distanciamento. Você tem que aprender a ser tolerante e lembrar-se que seu cônjuge não é perfeito, nem foi moldado por você. Então, o ideal é tentar ignorar pequenas imperfeições e colocar as  qualidades acima do que você não gosta na pessoa que você escolheu para viver a vida.

Críticas só servem para fazer com que seu cônjuge se sinta péssimo. Não pense que censuras vão mudá-lo (a). Elas vão fazer, sim, com que aos poucos seu cônjuge deixe de gostar completamente de você...e os beijos acabem...É só isso que você vai conseguir com as críticas...nada mais.

NÃO BASTA DIZER QUE AMA, TEM QUE DEMONSTRAR QUE AMA



APRECIE OS ATRIBUTOS FÍSICOS DA SUA ESPOSA



Certa feita, uma esposa contou-me que havia pintado o cabelo para ficar mais bonita e atraente para o marido. Segundo ela, muitas pessoas tinham tecido elogio à mudança no seu visual. Porém o marido, foi a única pessoa que disse não ter gostado. Sim ele cometeu essa infelicidade. Quando ela perguntou o que ele achou, ele disse que ela tinha ficado velha!!! Meu Deus do céu, mas que mancada esse marido cometeu! Ele não sabe o quão negativamente esse triste comentário reverberou na alma dela. Ela estava  toda animada, se esforçando para agradá-lo e de repente aquela decepção: de quem mais ela esperava apreciação veio a depreciação. Ela simplesmente ficou arrasada. Quando veio compartilhar esta situação comigo, chorou muito. Estava totalmente doída por dentro. Estava tentando melhor o casamento, ficar atraente, se arrumar e recebe um balde de água fria desses...não era para menos.

Todo marido precisa entender que a mulher tem a necessidade de ser apreciada em sua beleza física. Quando você marido perde a oportunidade de demonstrar admiração pela aparência de sua esposa, está a ferindo profundamente. E não importa se você não goste muito do visual, nunca diga que não gostou. Mesmo que lá no fundinho do seu coração você não tenha gostado, como homem inteligente diga:  Você fica bem de qualquer forma ou Eu amo você de qualquer jeito querida. Esse é o procedimento de um homem com inteligência emocional. Sabendo do quão importante é para a esposa ser apreciada em sua aparência, cabe a ele valorizá-la e nunca o contrário. Qualquer comentário negativo à aparência de sua esposa, é uma grande ofensa para ela. E se ela mesma chegar dizendo que está feia, gorda, com celulite, que precisa emagrecer, fazer academia,  etc, etc...também não concorde. NUNCA CONCORDE. Proceda da mesma forma: Querida você está bem, gosto de você assim, mas se você quiser emagrecer, vou gostar de você do mesmo jeito. Agindo assim você estará contribuindo para a preservação da alma da sua esposa.

A faça saber que você admira sua aparência. Isso eleva a auto-estima dela. Tolo é o homem que não elogia a beleza de sua mulher. Perde oportunidade de fazer o bem. Você marido precisa estar muito atento a isso. Precisa procurar observar as mudanças que sua esposa faz no visual. Se pintou as unhas, se comprou uma roupa nova, se fez um novo penteado, se cortou ou pintou o cabelo, etc...e elogiá-la. Ela precisa ser notada. Precisa ouvir que está agradável aos seus olhos. Então diga a ela o quanto está bonita. Não passe muito tempo sem dizer isso. Ela precisa de demonstrações de apreciação diárias!!! Elogie o sorriso, o cabelo, a pele, os olhos, as mãos, o corpo...Diga o quanto a acha atraente. Não poupe elogios. É de você, a pessoa principal, de quem ela precisa ouvir elogios. Não de terceiros. Mas uma dica: de nada adiantará você encher sua esposa de elogios, se depois você criticá-la ainda que não seja no aspecto visual. Isso provavelmente anulará tudo que você disse apreciar nela. 

Tome a atitude de apreciar a beleza de sua mulher. A alma feminina necessita desse afago. Você precisa estar ciente disso!

AOS MARIDOS: COMO NÃO DESTRUIR A ALMA DE SUA ESPOSA


Você marido já parou para pensar que você não tem a esposa
que gostaria de ter, por culpa sua?
Sim, muitos maridos não estão atentos à fragilidade da alma 
de suas esposas e por isso causam grandes estragos no casamento.
Assista ao vídeo e aprenda dicas simples e preciosas
para serem praticadas no seu dia a dia com sua esposa.

     

       

ESPOSA FAÇA UNS AGRADOS PARA O SEU MARIDO



Já ouvi mulher dizendo: "Meu marido que se quiser, ele que vá botar a comida dele. Não quero criar homem folgado..."  Creio que somente um homem muito tolo é que irá se aproveitar de um gesto gentil para se tornar um folgadão. Também já ouvi esposa dizendo: "Esse negócio de levar café na cama, isso é homem quem tem que fazer..." Mas por que só homem é quem "tem' que fazer ? De jeito nenhum. Agrados como este podem e devem vir de ambas as partes. 

Gentilezas no dia a dia não fazem mal a ninguém. Muito pelo contrário. De vez em quando fazer gentilezas são muito bem -vindas. Que tal então você esposa ofertar ao seu  marido pequenas gentilezas? Quem sabe levar até ele uma refeição, preparar um café para ele antes de sair para o trabalho, preparar-lhe o prato do almoço, arrumar a pasta ou separar os materiais que ele costuma  levar para o serviço, mas esqueceu de organizar na noite anterior?  Quem sabe ainda tirar-lhe os sapatos quando ele chegar cansado do trabalho ou comprar para ele aquele creme de barbear que você viu que está quase acabando...enfim, as possibilidades não se restringem as aqui mencionadas. Você pode fazer muitas coisas. É só uma questão de querer, de tomar iniciativa, de decidir fazer. Ou seja, o que é preciso é apenas boa vontade.

Estes mimos, pequenos cuidados, agrados ou seja qual outro nome você queira dar a essas ações, são muito significativos. Eles trazem a quem recebe a sensação de estar sendo cuidado, zelado, querido. Então, comece já. A oportunidade de fazer é agora. A vida passa muito rápido para você protelar gestos de carinho.